Jonathan Nackstrand/AFP
Jonathan Nackstrand/AFP

Brasil atropela o Congo e vence a primeira no Mundial de Handebol

Seleção feminina não encontra dificuldades para fazer 26 a 11

Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2015 | 15h10

O Brasil não teve nenhuma dificuldade para conquistar, nesta segunda-feira, a sua primeira vitória no Mundial Feminino de Handebol. Jogando em Kolding (Dinamarca) contra a República Democrática do Congo, a seleção aproveitou-se que tinha pela frente o adversário mais fraco do Grupo C e atropelou as africanas por 26 a 11.

Defendendo o título conquistado na Sérvia em 2013, a seleção brasileira estreou na Dinamarca no sábado, empatando em 24 a 24 com a Coreia do Sul. Na terça, a equipe volta à quadra para pegar a Alemanha. Na quinta, encara a Argentina e, se vencer os dois jogos, deve decidir o primeiro lugar contra a França, no sábado.

É fato, porém, que o Brasil tinha condições de construir um placar mais elástico diante do time africano. A Tunísia, campeã continental sobre a República Democrática do Congo (ex-Zaire), levou 39 gols na estreia. Angola sofreu 37 em cada uma das suas duas partidas na competição.

O técnico Morten Soubak, entretanto, aproveitou a partida para realizar alguns testes e poupar as titulares. A goleira Babi, destaque na estreia, entrou só para defender um tiro de sete metros. Até a jovem Bruna, caçula do time, jogou e fez um gol.

Alexandra, melhor do mundo em 2012, foi a artilheira do jogo, com sete gols. Jéssica e Célia, também ponteiras, fizeram cinco cada uma - consequência dos gols em contra-ataque. Duda e Ana Paula, outras estrelas da equipe, jogaram pouco e anotaram um e dois gols, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.