Brasil classifica mais dois pugilistas para Olimpíada

Paulo Carvalho (até 48kg) e Robson Conceição (até 57kg) conseguem a vaga em qualificatório na Guatemala

Agência Estado,

29 de abril de 2008 | 21h59

O Brasil garantiu nesta terça-feira mais dois pugilistas na Olimpíada de Pequim. Paulo Carvalho (até 48kg) e Robson Conceição (até 57kg) conseguiram classificação durante o 2.º Torneio Qualificatório das Américas, na Guatemala - antes, apenas Washington Silva tinha obtido vaga para o boxe brasileiro, durante o Pré-Olímpico de Trinidad e Tobago, em março. Veja também: O trajeto completo do revezamento da tocha pelo mundo Tocha olímpica encerra revezamento internacional no Vietnã China simula terrorismo para testar segurança nos Jogos A classificação dos dois brasileiros nesta terça-feira veio com a vitória nas semifinais, já que a presença nas finais de suas categorias bastava para garantir a vaga olímpica. Paulo Carvalho venceu o colombiano Oscar Negrete por 20 a 4 e vai disputar o título do torneio contra o dominicano Winston Méndez, que bateu o cubano Yampier Hernández por 13 a 6. E Robson Conceição ganhou do porto-riquenho Abner Cotto por 24 a 6, passando à decisão contra o dominicano Roberto Navarro, que derrotou o guatemalteco Giovanny Pantaleón por 14 a 3. Outra importante vitória do Brasil nesta terça-feira, na Guatemala, foi a de Hamilton Ventura Conceição na semifinal da categoria até 91kg, diante do canadense Jacques Lois Sylveira por 11 a 5. Como esse peso só classifica o campeão do Torneio Qualificatório para a Olimpíada, o pugilista brasileiro ainda precisa vencer mais uma luta, nesta quarta, contra o colombiano Julio Deivi. Ainda nesta terça-feira, outros dois pugilistas brasileiros chegaram bem perto da vaga olímpica, mas perderam nas semifinais na Guatemala e não têm mais chance de ir aos Jogos de Pequim. Na categoria até 64kg, Myke Carvalho foi derrotado pelo dominicano Félix Díaz por 8 a 6. E na até 75kg, Florentino Yamaguchi caiu diante do norte-americano Shawn Estrada por 12 a 7.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008Boxe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.