Jonne Roriz/Exemplus/COB
Jonne Roriz/Exemplus/COB

Brasil já tem 9 pódios nos Jogos Olímpicos da Juventude, mas ainda falta o ouro

Na natação, o grande nome foi André Calvelo, que foi prata no revezamento 4x100m livre misto e 4x100m livre masculino

Paulo Favero, Estadão Conteúdo

13 Outubro 2018 | 14h10

Em seis dias de competição nos Jogos Olímpicos da Juventude, o Brasil já conquistou nove pódios e o carro-chefe foi a natação. Todos os oito atletas da modalidade vão voltar para o Brasil com ao menos uma medalha na bagagem. A expectativa agora recai sobre quando o País vai conquistar sua primeira medalha de ouro em Buenos Aires.

Na natação, o grande nome foi André Calvelo, que foi prata no revezamento 4x100m livre misto e 4x100m livre masculino, além de ter ficado em quarto lugar na prova dos 100 metros livre na última sexta-feira e nos 50m do mesmo estilo. O quarteto feminino ganhou também a prata no 4x100m livre. No total, subiram ao pódio Ana Carolina Vieira Rafaela Raurich e Lucas Peixoto, todos duas vezes cada, além de Fernanda Goeij, Malu Pessanha, Murilo Sartori e Vitor Souza.

Na sexta-feira, dois atletas foram ao pódio. No tênis, Gilbert Soares ganhou a disputa da medalha de bronze contra o búlgaro Adrian Andreev. Jaqueline Lima ficou na terceira posição na competição por equipes do badminton - os times são formados por atletas de países diferentes, do masculino e feminino.

"Passei por muita coisa para chegar até aqui e voltar para casa com uma medalha é a realização de um sonho. Foi muito legal participar da competição ao lado de atletas de outros países. Me esforcei para me comunicar e aproveitei bastante essa experiência. Estou muito feliz com tudo que vivi nesses dias em Buenos Aires", disse Jaqueline.

Quem também foi ao pódio numa competição que mesclava países foi João Vitor Santos, que ficou com o bronze por equipe mista no judô. Já Duda Vaz ganhou também o bronze, mas na categoria individual até 78kg nos tatames de Buenos Aires. As outras duas medalhas do Brasil vieram com Diogo Soares, bronze no individual geral na ginástica artística, e Sandy Macedo, bronze no tae kwon do.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Jogos Olímpicos da Juventude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.