Brasil perde da Dinamarca em teste do handebol masculino para o Rio-2016

Equipe comandada pelo técnico Jordi Ribera perde 35 a 31

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2016 | 19h04

A seleção brasileira masculina de handebol sofreu mais uma derrota em preparação para os Jogos Olímpicos do Rio. Jogando em Kolding, nesta quarta-feira, a equipe comandada pelo técnico Jordi Ribera perdeu da Dinamarca por 35 a 31 em jogo-treino fechado ao público. No sábado, em amistoso transmitido inclusive pela tevê dinamarquesa, o placar ficou empatado em 26 gols.

"Foi um jogo de treinamento e acho que fomos muito bem. Conseguimos fazer 31 gols. Eles também conseguiram fazer muitos gols contra nós, principalmente no primeiro tempo, que decidimos jogar com sete atletas de linha nos dois times, para experimentar a regra nova", explicou o treinador do time brasileiro. A partir deste ano, as regras da modalidade mudaram em diversos aspectos, especialmente com relação ao chamado goleiro-linha.

Assim, o jogo-treino, mais do que um amistoso oficial, serviu para testar variáveis de jogo. "Eles acabaram com vantagem sobretudo nos arremessos de ponta e porque erramos alguns arremessos claros no centro do gol. No segundo tempo ganhamos, acho que estivemos melhor concentrados. A possibilidade de recuperar algumas bolas na defesa nos ajudou. Estivemos também mais sérios no ataque. Conseguimos ficar próximos do placar e acho que foi uma boa prova", detalhou Jordi Ribera.

O Brasil está no Grupo B da Olimpíada e estreia no dia 7 de agosto, domingo, contra a Polônia. Na primeira fase, também jogará contra Egito, Suécia, Alemanha e Eslovênia, precisando de pelo menos duas vitórias para ir às quartas de final. A Dinamarca está no Grupo A, e joga diante de França, Dinamarca, Croácia, Tunísia, Catar e Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.