Carolyn Kaster / AP
Carolyn Kaster / AP

Brasil termina em sexto lugar no hipismo por equipe nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Trio formado por Marlon Zanotelli, Yuri Mansur e Pedro Veniss acabou penalizado com 29 pontos; Suécia conquista o ouro

Redação, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2021 | 09h42

O hipismo brasileiro terminou em sexto lugar na final do salto por equipes, neste sábado, nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Equestrian Park. O trio formado por Marlon Zanotelli, Yuri Mansur e Pedro Veniss acabou penalizado com 29 pontos. O ouro foi para a Suécia, que bateu os Estados Unidos no desempate, enquanto a Bélgica completou o pódio, com 12 pontos.

O Brasil iniciou o dia com Zanotelli, que completou o percurso com 12 pontos de penalização. Mansur, o brasileiro de melhor desempenho, finalizou com apenas quatro pontos, enquanto Veniss somou mais 13, sendo um por estourar o tempo máximo de 82 segundos.

A disputa foi marcada pelos problemas enfrentados pelas equipes da Alemanha e da França, favoritas ao pódio, mas que acabaram superadas pelos conjuntos belgas no último salto. O Brasil só ficou com um ponto a mais que Suíça, quinta colocada. A Holanda acabou na quarta posição, com 17 pontos de penalização.

EUA e Suécia terminaram com 8 pontos de penalização e foram para o desempate, com mais três saltos. Nenhum erro foi cometido pelos seis cavaleiros e amazonas, então o título olímpico foi decidido com o melhor tempo obtido pelos suecos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.