Brasil treina com dupla de ataque Pato e Ronaldinho

Ronaldinho Gaúcho e AlexandrePato no ataque, com Diego e Anderson responsáveis pela armaçãodas jogadas. Essa é a formação que o técnico Dunga pretendeadotar nos Jogos Olímpicos de Pequim, após a realização doprimeiro treino coletivo durante a preparação para aOlimpíada. Na defesa, Dunga optou por escalar Rafinha, Thiago Silva,Alex Silva e Marcelo. Os dois volantes escalados no timetitular foram Lucas e Hernanes, enquanto Renan e Diego Alvesdisputam a vaga no gol. "O objetivo logicamente é começar a montar o time, buscandoo entrosamento através do aproveitamento dos jogadores nas suasmelhores características", disse o treinador, segundo o site daConfederação Brasileira de Futebol (CBF). O coletivo desta sexta-feira foi realizado no estádioNacional de Cingapura, mesmo local do amistoso da próximasegunda-feira contra a seleção da casa. Depois, o Brasil aindavai enfrentar o Vietnã, em 1o de janeiro, antes do embarquepara a China. Ronaldinho Gaúcho, que assumiu o posto de principal estrelada equipe olímpica após o corte de Robinho, afirmou que o climada seleção olímpica é excelente. "Esse é o melhor ambiente que encontrei nos últimos temposna seleção brasileira. Todos estão mostrando concentração nabusca do objetivo, está sendo muito legal conviver com todosaqui", disse ele ao site. Além do coletivo, houve treino tático, no qual Dunga e oauxiliar Jorginho insistiram na repetição de jogadas paradas,tanto nas cobranças de escanteios como nas de falta. Tambémhouve treino de finalização. O treinamento foi o primeiro aberto ao torcedor desde que aseleção chegou a Cingapura, na quarta-feira. Segundo a CBF,apesar uma atividade no país seria aberta ao público, paraevitar a desconcentração dos atletas. O Brasil está no Grupo C do torneio olímpico, ao lado deBélgica, China e Nova Zelândia. A equipe estréia contra osbelgas, no dia 7 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.