Brasil vai ao Pan sem sua principal jogadora, a armadora Duda

Eleita melhor atleta do mundo ano passado se recupera de contusão

Estadão Conteúdo

16 de junho de 2015 | 12h56

Em preparação para o Mundial da Dinamarca, em dezembro, o técnico Morten Soubak vai levar aos Jogos Pan-Americanos toda a base da seleção brasileira campeã mundial feminina de handebol em 2013. O treinador anunciou nesta terça-feira a sua convocação, apenas com a ausência de jogadoras lesionadas, com destaque para a armadora Duda, eleita a melhor do mundo no ano passado.

Além de Duda, também estão machucadas das centrais Mayara Moura e Deborah Hannah, que fizeram parte do grupo campeão mundial. Para os lugares delas foram chamadas a armadora Jaqueline Anastácio (figurinha recorrente na equipe, mas que voltava de lesão no Mundial) e a central Francielle, caçula da seleção permanente que defendia do Hypo, na Áustria.

As demais mudanças são de atletas que compunham elenco no Mundial, casos da armadora Karoline e da pivô Elaine. Ganham chance a veterana ponta Célia, de 35 anos, da Metodista/São Bernardo e a jovem pivô Tamires Morena, de 21 anos, levada por Duda para o Gyori Audo ETO, da Hungria.

"Vamos com um grupo bem preparado. Ainda com a ausência de algumas atletas importantes, mas como já sabíamos há muito tempo que teríamos de lidar com essa falta já fizemos um planejamento contando com isso", comenta Soubak.

CONFIRA AS CONVOCADAS:

GOLEIRAS - Babi (Baia Mare-Romênia) e Mayssa Pessoa (CSM Bucaresti-Romênia);

ARMADORAS - Amanda Andrade (Concórdia-SC), Deonise (CSM Bucaresti) e Jaqueline Anastácio (Ringkobing-Dinamarca);

CENTRAIS - Ana Paula (CSM Bucaresti) e Francielle (Hypo Nö-Áustria);

PONTAS - Alexandra (Baia Mare), Célia (Metodista/São Bernardo-SP), Fernanda (CSM Bucaresti), Jéssica (MKS Selgros Lublin-Polônia) e Samira (Nice-França);

PIVÔS - Dani Piedade (Siofok KC-Hungria), Dara (SG BBM Bietigheim-Alemanha) e Tamires (Gyori Audi ETO-Hungria).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.