EFE
EFE

Brasileiras encantam, ficam em nono, mas não avançam à final na ginástica rítmica

Conjunto brasileiro é o sétimo melhor do mundo ao som de "Tico-Tico no Fubá"

Demétrio Vecchioli, Estadão Conteúdo

20 Agosto 2016 | 14h45

O conjunto brasileiro de ginástica rítmica fez neste sábado uma apresentação histórica nos Jogos Olímpicos do Rio. Ao som de "Tico-Tico no Fubá", clássico da música nacional, a equipe foi a sétima melhor do mundo na apresentação com maças e arco. O Brasil, porém, ficou fora da final, em consequência de um erro na primeira rotação, nas fitas.

A vaga entre as oito melhores equipes dos Jogos Olímpicos escapou por pouco. Após as duas apresentações, o Brasil somou 32,649 pontos, contra 33,816 da Ucrânia, a oitava melhor. Em nono, o conjunto brasileiro é, em teoria, o primeiro reserva, mas não há desistências nesse tipo de competição. A final será no domingo.

Na primeira apresentação, o time formado por Emanuelle Lima, Francielly Machado, Gabrielle Moraes, Jéssica Maier e Morgana Gmach cometeu algumas falhas que o deixaram em décimo lugar, com 15,766 pontos.

Depois, nas maças e arcos, o time voltou a levantar o público e superou inclusive chinesas e americanas, ficando em sétimo. Apesar de a vaga na final não ter vindo, o resultado foi bom, haja visto que o Brasil ficou atrás dos Estados Unidos em diversos eventos recentemente, inclusive no Pan de Toronto. No Rio, as americanas terminaram no 14.º e último lugar.

No Mundial do ano passado, por exemplo, o Brasil foi só 16.º colocado, atrás de Alemanha (décima), China (oitava), Usbequistão (também décima), Grécia (14.ª) e Estados Unidos (13.ª). Agora, passou todos os rivais.

A grande surpresa da fase de classificação foi a Espanha, que apresentou-se ao som de ritmos brasileiros e levantou o público, conseguindo superar a Rússia, que, exceção à estreia em 1996, quando perdeu exatamente da Espanha, ganhou todos os ouros olímpicos da prova. Agora avançou em primeiro lugar para a final deste domingo.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.