Flávio Florido/ COB
Flávio Florido/ COB

Brasileiro perde na estreia e fica sem medalha na luta olímpica

Participação de Eduard Soghomonyan durou pouco nos Jogos do Rio

Agência Estado, Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2016 | 13h05

Nascido na Armênia e naturalizado brasileiro para competir na Olimpíada do Rio, a trajetória de Eduard Soghomonyan nos Jogos durou pouco. Nesta segunda-feira, ele foi derrotado logo na estreia da categoria até 130kg pelo georgiano Iakobi Kajaia. Depois, a queda justamente de seu algoz o tirou de qualquer possibilidade de medalha.

Soghomonyan foi facilmente batido por Kajaia. Tomou duas punições por passividade logo no início do combate e na segunda, por escolha do georgiano, a luta foi para a posição par-terre, na qual o lutador punido, no caso o brasileiro, tem que ficar sobre quatro apoios.

Foi o suficiente para que um combate que já estava difícil para o brasileiro fosse definido. Kajaia disparou no placar e levou 8 a 0, fazendo com que a arbitragem encerrasse a luta por superioridade técnica do georgiano.

Após a derrota, Soghomonyan precisava torcer para que Kajaia fosse até a decisão da medalha de ouro. Se isso acontecesse, ele entraria na repescagem e poderia ainda lutar pelo bronze. Só que o georgiano acabou derrotado nas quartas pelo russo Sergey Semenov, o que tirou qualquer chance do brasileiro de ir ao pódio.

As finais do segundo dia da luta olímpica no Rio serão disputadas durante a tarde. A Soghomonyan restou a frustração da queda tão precoce depois de um processo de naturalização que durou dois anos, demora que quase o impediu de competir na Olimpíada pelo Brasil.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.