Brasileiro Rafinha não comparece a treinos do Schalke 04

O lateral Rafinha, do Schalke 04,ausentou-se sem aviso do treinamento de sua equipe, depois queo clube alemão negou a permissão para que ele jogasse os JogosOlímpicos com a seleção brasileira. O treinador da equipe da Bundesliga, Andreas Muller, dissea jornalistas que havia falado com Rafinha pela última vez nodomingo e que havia reiterado a posição do clube com respeito aparticipação em Pequim. "Falei com ele no domingo e insisti que nada havia mudadoem nossa posição, por isso o esperávamos na segunda-feira paraviajar a nosso campo de treinamento na Áustria", disse otécnico. "Ele me disse que não estaria no lugar combinado para aviagem e tampouco iria para o lugar do treino", acrescentou. A Fifa repetiu na semana passada que os clubes estãoobrigados a ceder seus jogadores menores de 23 anos para quepossam competir com suas seleções no torneio olímpico defutebol que acontece entre 7 e 23 de agosto na capital chinesa. Rafinha, de 22 anos, foi citado na segunda-feira pelodiário Bild dizendo: "Quero me juntar à equipe olímpica naquarta-feira. Não creio que viajarei com o Schalke para o campode treinamento". O evento, que permite a presença de jogadores sub-23 maistrês integrantes que superem a idade, já produziu numerososconflitos entre clubes e federações nacionais, incluindo abatalha entre a Associação de Futebol Argentino (AFA) e oBarcelona pelo atacante Lionel Messi. O caso de Rafinha se soma assim ao de outros atletas daBundesliga que até o momento não obtiveram a permissão de seusclubes para viajar a Pequim, como o também brasileiro Diego, doWerder Bremen, e o defensor belga Vincent Kompany, do Hamburgo. Muller ressaltou que Rafinha tem contrato com o Schalke até2010, além de dizer que foi a primeira vez que um atleta violoude maneira tão manifesta as ordens do clube. "Ele é nosso jogador e tem que cumprir seu contrato", disseo técnico alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.