Reuters/Laszlo Balogh
Reuters/Laszlo Balogh

Brasileiros do polo são cortados após ‘escaparem’ da Vila Olímpica

Técnico Ratko Rudic dispensou atletas assim que soube do ocorrido

Demétrio Vecchioli, enviado especial ao Rio, Estadão Conteúdo

17 Agosto 2016 | 16h40

Vinicius Antonelli e Paulo Salemi, da seleção brasileira masculina de polo aquático, foram expulsos da delegação nesta quarta-feira depois de se ausentarem na Vila dos Atletas sem autorização. Chama atenção, entretanto, o local para onde eles “fugiram”: o Espaço Time Brasil, área do Comitê Olímpico do Brasil.

Pelo que apurou a reportagem do Estado, Vinicius, mais conhecido pelo apelido de Bin Landen, e Salemi, italiano de dupla cidadania, saíram da Vila na noite de terça-feira e foram para o espaço do COB, um casarão de 2.185 metros quadrados, situado na garagem do Via Parque Shopping, da Barra, perto do Parque Olímpico.

O local oficialmente é um ponto de encontro dos atletas com amigos e familiares e para convivência depois da participação no Rio-2016. O problema é que o polo aquático masculino, apesar de ter caído nas quartas de final, ainda faz mais dois jogos pelo torneio de consolação, brigando pelo quarto lugar.

Rígido, o técnico croata Ratko Rudic ficou irritado quando soube que os atletas deixaram a Vila dos Atletas sem sua autorização e determinou que eles fossem desligados do elenco. O treinador, considerado o melhor do mundo, é também tido como bastante rígido. O corte, pelo que apurou a reportagem, entretanto, é mais um “puxão de orelhas” e os dois seguem nos planos para o próximo ciclo.

Na terça, o time perdeu da Croácia nas quartas de final e deu adeus à briga por medalhas. Bin Laden é reserva do time e quase não jogou durante a Olimpíada, uma vez que o sérvio Slobodan Soro foi naturalizado para ser titular. O jogador do Pinheiros só entrou na piscina nos segundos finais, como reconhecimento de Rudic.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.