Brasileiros empatam no 100m peito e avançam no Mundial de Piscina Curta

Felipe França e Felipe Lima cravaram o tempo de 57s68

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2016 | 17h07

Maiores apostas do Brasil neste primeiro dia do Mundial de Piscina Curta, os xarás Felipe França e Felipe Lima empataram nas eliminatórias dos 100 metros peito, nesta terça-feira, em Windsor, no Canadá. Ambos marcaram o tempo de 57s68 em diferentes baterias e se garantiram nas semifinais da prova que serão disputadas nesta noite.

Lima foi o primeiro a cair na piscina de 25 metros e anotou o terceiro tempo da sua eliminatória. Na sequência, França, atual campeão mundial da prova, venceu a sua bateria com o mesmo tempo do compatriota. Eles dividiram o quinto lugar geral, pouco mais de meio segundo atrás do mais rápido do dia, o alemão Marco Koch, com o tempo de 57s01.

Nos 200 metros borboleta, Leonardo de Deus avançou à final - não há disputa de semi nesta prova. Ele foi o sexto mais veloz na prova, com 1min52s89. O primeiro colocado das eliminatórias foi o russo Aleksandr Kharlanov. A final será disputada na noite desta terça, a partir das 21h30.

Na prova dos 200 metros medley, Thiago Simon foi o 13º melhor, com 1min55s51, e não conseguiu avançar à final. Ele ficou mais de um segundo atrás do japonês Takeharu Fujimori, oitavo e último classificado da eliminatória, com a marca de 1min54s37.

Fernando Scheffer e Lucas Kanieski, ambos nos 400 metros livre, também ficaram de fora da final. Scheffer foi apenas o 33º lugar geral, com 3min47s42. E Kanieski não passou do 20º posto, com 3min45s38.

No feminino, Manuella Lyrio avançou à final dos 200 metros livre com o oitavo e último tempo: 1min55s19. A mais veloz das eliminatórias foi a húngara Katinka Hosszu, um dos destaques dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, com 1min53s07.

Dona de quatro medalhas no Rio-2016, sendo três delas de ouro, a nadadora da Hungria foi também a mais rápida nos 400 metros medley, com 4min25s03, e se garantiu na final. E, nos 100 metros costas, avançou à semifinal com o segundo tempo do dia (56s16). A mais rápida foi a local Kylie Jacqueline Masse, com 56s02.

Nos 200 metros livre, a brasileira Larissa Oliveira registrou o tempo de 1min56s15 e terminou as eliminatórias na 13ª colocação, ficando de fora da final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.