Buenos Aires: protestos antes da passagem da tocha olímpica

Simpatizantes do líder espiritual Falun Gong reclamam da falta respeito da China para com os Direitos Humanos

Ansa

11 de abril de 2008 | 14h21

Uma centena de militantes do movimento espiritual chinês Falun Gong realizou nesta sexta-feira um protesto em Buenos Aires em defesa dos direitos humanos na China, poucas horas antes do início da passagem da tocha olímpica pela capital argentina.Veja também: O trajeto completo do revezamento da tocha pelo mundo  Os protestos e a ligação histórica com os Jogos OlímpicosPróximo ao obelisco localizado no centro da avenida 9 de Julho, os manifestantes, muitos dos quais vestidos com tradicionais roupas vermelhas, seguravam cartazes e faixas com as imagens das torturas cometidas nos campos de trabalho chineses contra os membros do movimento.Próximo dos seguidores do Falun Gong, um grupo de jovens realizava um protesto em favor da independência do Tibete.Apesar das manifestações, o início da passagem da tocha partindo do anfiteatro situado na região de Puerto Madero, segue sem problemas. A tocha olímpica chegou no final da tarde dessa quinta-feira a Buenos Aires, única cidade da América do Sul pela qual irá passar em sua viagem mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.