Bush e Putin reafirmam presença na abertura em Pequim

Segundo um porta-voz do governo russo, os dois conversaram por telefone e também acertaram uma reunião

Agência Estado,

12 de maio de 2008 | 19h19

O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, reafirmar nesta segunda-feira sua presença na cerimônia de abertura da Olimpíada de Pequim, que será realizada no dia 8 de agosto. Segundo Dmitri Peskov, porta-voz do governo russo, os dois conversaram por telefone nesta segunda e combinaram de aproveitar a presença na capital chinesa para realizar uma reunião para discutir assuntos da política internacional. A presença dos dois governantes na festa dos Jogos já havia sido confirmada por seus países, mas havia a dúvida sobre a possibilidade de eles cederem a pressões de entidades defensoras dos direitos humanos, que pedem a ausência de líderes políticos internacionais à cerimônia de abertura como protesto contra o desrespeito aos direitos humanos no Tibete por parte do governo chinês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.