Reuters
Reuters

Câmera de televisão despenca de cabo no Parque Olímpico e fere sete pessoas

Cabo que conduzia a 'spider cam' se rompeu próximo à Arena Carioca 2

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

15 Agosto 2016 | 15h39

Sete pessoas se feriram durante a queda de uma câmera aérea no Parque Olímpico da Barra. O cabo que conduzia a "spider cam", como é chamada, se rompeu próximo à Arena Carioca 2 e a câmera atingiu duas mulheres que caminhavam pelo local. Outas cinco pessoas, sendo duas crianças, foram atingidas pelo cabo.

Segundo a assessoria do Comitê Rio-2016, as vítimas tiveram ferimentos sem maiores gravidades eestavam conscientes no momento do atendimento. As duas mulheres atingidas pela câmera foram encaminhadas ao Hospital Lourenço Jorge. As outras cinco receberam atendimento no posto médico do Parque Olímpico, sendo que as duas crianças posteriormente também foram levadas ao hospital Lourenço Jorge para realizar exames de imagem.

A câmera pertence a OBS, responsável pela geração de imagens dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. No Parque Olímpico, uma delas fica o tempo todo circulando pelo alto da principal área de convivência do local. A OBS está averigando o caso e irá se pronunciar até o final desta segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.