Jason Franson/AP
Jason Franson/AP

Canadá vence Copa América de Basquete e se garante na Olimpíada

Equipe conta com a torcida para bater Cuba na decisão por 82 a 66

Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2015 | 09h01

A seleção canadense de basquete feminino confirmou o favoritismo e conquistou na noite do último domingo a Copa América da modalidade. Atuando em casa, em Edmonton, a equipe contou com a força da torcida para bater Cuba na decisão por 82 a 66 e, além do título, pôde celebrar a vaga para os Jogos Olímpicos do ano que vem, no Rio.

O Canadá se mostrou a melhor equipe durante toda a competição e comprovou isto na grande decisão, ao arrancar para o triunfo nos dois últimos períodos. Cuba chegou a ter a vantagem na metade do terceiro período, mas as donas da casa rapidamente se recuperaram, viraram e abriram distância confortável para conquistar a Copa América pela segunda vez - a outra havia acontecido em 1995.

A principal responsável pela vitória foi a jovem armadora Kia Nurse, de apenas 19 anos, que marcou 20 pontos e foi a cestinha da partida. De quebra, ainda foi eleita a MVP (jogadora mais valiosa) da competição. Natalie Achonwa contribuiu com 12 pontos na decisão, enquanto pelo lado cubano o destaque ficou por conta de Leidys Oquendo, autora de 25 pontos.

O desempenho brasileiro no torneio ficou abaixo do esperado. A seleção feminina mais uma vez decepcionou e não passou de um quarto lugar, após perder para a Argentina também no domingo. Prova da performance ruim é que nenhuma jogadora do País foi eleita para a seleção ideal do torneio, formada por Kia Nurse e Tamara Tatham (Canadá), Clenia Noblet e Yamara Amargo (Cuba) e Melisa Gretter (Argentina).

Ainda assim, o Brasil está garantido nos Jogos Olímpicos de 2016 por ser o país-sede. Além de brasileiras e canadenses, Estados Unidos e Sérvia já estão confirmados no evento. Já Cuba se junta a Argentina e Venezuela, terceira e quinta colocadas na Copa América, respectivamente, e disputará o Pré-Olímpico Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.