AP Photo/Wong Maye-E
AP Photo/Wong Maye-E

China fatura terceiro ouro nos saltos ornamentais; Brasileiras ficam em último

Chineses conquistaram três ouros na modalidade no Rio-2016

Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2016 | 17h39

Até este quinto dia oficial de Olimpíada, saltos ornamentais são sinônimos de ouro para a China. Nesta terça-feira, foi disputada a terceira prova da modalidade, e o país subiu no lugar mais alto do pódio mais uma vez. Agora, com Ruolin Chen e Huixia Liu, na prova feminina sincronizada da plataforma de 10 metros.

Com o retrospecto, a China confirma sua força nos saltos ornamentais, especialmente nas provas sincronizadas. Foram nelas que o país faturou o ouro na plataforma de 10 metros masculino, com Aisen Chen e Yue Lin, e no trampolim de 3 metros feminino, com Tingmao Shi e Minxia Wu.

Nesta terça-feira, Chen e Liu fecharam o dia com a nota somada de 354,00, bem à frente das malaias Jun Hoong Cheong e Pandelela Rinong Pamg, que ficaram com a prata com 344,34. A terceira colocação e a medalha de bronze foram para as canadenses Meaghan Benfeito e Roseline Filion, com 336,18.

O Brasil foi representado na prova por Ingrid Oliveira e Giovanna Pedroso. Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no ano passado, elas não tinham qualquer pretensão de medalha e acabaram mesmo na última colocação, com 280,98. A dupla, aliás, foi a única a ficar abaixo de 300,00.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.