China inaugura trem bala entre cidades de Pequim e Tianjin

O CRH facilitará o transporte de passageiros que irão assistir aos jogos do torneio de futebol nas Olimpíadas

EFE,

31 de julho de 2008 | 14h37

A China colocará em circulação nesta sexta-feira o China Railway High Speed (CRH), um trem de alta velocidade construído no país que fará o percurso de 120 quilômetros entre Pequim e Tianjin em apenas 30 minutos, a uma média de 350 km/h.O Ministério de Ferrovias da China anunciou nesta quinta que colocará em circulação o trem depois de dois anos e meio de construção, numa operação que custou 700 milhões de euros.A composição, que atingiu velocidade máxima de 394 km/h nos testes, foi desenvolvida graças a um acordo de transferência de tecnologia com a empresa alemã Siemens.Inaugurado a uma semana do início dos Jogos Olímpicos de Pequim, o CRH facilitará o transporte de mais de 600 passageiros por composição com destino a Tianjin, sede de várias partidas do torneio de futebol.Segundo o subdiretor do Ministério de Ferrovias, Wang Zhiguo, ao todo 47 trens de alta velocidade partirão das duas cidades com uma média de espera de 30 minutos. O primeiro sairá de Pequim diariamente às 6h15, horário local, e o último às 22h10.Embora o percurso conte com cinco paradas (Pequim, Yizhuang, Yongle, Wuqing e Tianjin), o responsável de engenharia do Ministério de Ferrovias, Zheng Jian, disse que, na prática, somente a penúltima será feita.Até agora, o TGV francês é o trem mais rápido do mundo, já que bateu seu próprio recorde de velocidade em abril de 2007 ao atingir 574 km/h em testes.A decisão de Pequim sobre a tecnologia a ser adquirida para a utilização no próximo trem de alta velocidade, que ligará Xangai a Pequim, continua em segredo e tem forte conotação política.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008Tianjintrem bala

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.