China multa técnica por chegar 10 minutos atrasada ao ônibus

Com mais de 20 atrasos, treinadora francesa Elizabeth Loisel não é perdoada pelos dirigentes

Efe,

12 de fevereiro de 2008 | 13h44

A treinadora da seleção chinesa de futebol feminino, a francesa Elizabeth Loisel, foi multada por ter deixado suas jogadoras esperando no ônibus por mais de 10 minutos após um treino, informou nesta terça-feira a China Radio International. Veja também Ator Jackie Chan vira garoto-propaganda dos Jogos de Pequim A multa, cujo valor não foi divulgado, foi anunciada pelo diretor técnico da equipe chinesa, Zhang Jianqiang, e corresponde à reincidência das falhas de Loisel, que já tem 20 atrasos desde que assumiu o cargo em outubro de 2007. A francesa é a segunda estrangeira a treinar a equipe chinesa de futebol feminino após a sueca Marika Domanski-Lyfors, que levou a China às quartas-de-final da última Copa do Mundo. A Associação Chinesa de Futebol confiou a Loisel a missão de levar sua seleção ao pódio olímpico dos Jogos de Pequim 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008futebol feminino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.