Chineses se acotovelam em filas por últimos ingressos olímpicos

Depois de passarem dias sem tomar banho,comer ou dormir direito, dezenas de milhares de chinesesgritaram, se empurraram e se acotovelaram para disputar osúltimos ingressos para os Jogos Olímpicos de Pequim, ameaçandoinclusive romper o cordão de isolamento policial. Os alto-falantes insistam em pedir calma, mas algumasconfusões isoladas surgiram nas filas e entre os jornalistas epoliciais, numa sexta-feira quente e enevoada na capitalchinesa. A TV de Hong Kong mostrou policiais empurrando jornalistasem frente às bilheterias. O jornal South China Morning Post,também de Hong Kong, disse que os policiais destruíram câmerase prenderam pelo menos um fotógrafo. A agência estatal de notícias Xinhua confirmou a detençãodo fotógrafo, identificado como Wong, e disse que ele haviaultrapassado a barreira policial e chutado a virilha de umpolicial. O Morning Post disse posteriormente que seuprofissional foi libertado ileso. Uma fonte policial disse que havia 40 mil pessoas na fila.Mesmo antes de amanhecer, algumas já tentavam arrombar osportões, atraindo uma pronta reação dos policiais, segundotestemunhas. A polícia tirou da fila algumas pessoas que estavamempurrando demais. Pelo menos uma foi detida. Cada comprador só tem direito a ate dois ingressos porcompetição. A organização prometera que nesta fase aindahaveria ingressos para todos os locais olímpicos, se não paratodos os eventos. Mas à tarde, várias modalidades populares, como saltosornamentais e futebol, estavam esgotadas, segundo o site doBocog (comitê organizador). Um homem chamado Lei se sentia recompensado, depois de doisdias na fila, por conseguir ingressos para a final dos 110m combarreiras, em que o compatriota Liu Xiang disputa obicampeonato olímpico. Wang Zongmao, de 73 anos, que também passou dois dias nafila, se queixou do calor e do aperto, mas disse que "vale apena participar da Olimpíada". Ele Conseguiu ingresso para ossaltos ornamentais. O comitê organizador anunciou a venda deste último lote de820 mil ingressos na terça-feira, e no dia seguinte à tarde jáhavia fila. Na quinta-feira, a aglomeração era de 10 milpessoas. Com um calor de 35 graus, a polícia atirou água àmultidão, e ambulâncias ficaram de prontidão. O preço dos ingressos, para os chineses, varia de meros 4dólares (preliminares do softball) até 670 dólares (cerimôniade abertura). Em maio, quando a terceira leva de ingressos foi colocada àvenda, muita gente se queixou em blogs e chats que não haviaconseguido efetuar a compra. Em novembro, o responsável pela venda dos mais de 7 milhõesde ingressos foi demitido porque o site de vendas teve umcolapso no dia em que a segunda leva foi disponibilizada. As autoridades dizem que 44 cambistas já foram presos,inclusive um que oferecia um ingresso de basquete de 6,70dólares por 670.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.