Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

COI diz que metade do mundo deve acompanhar a Olimpíada do Rio

Entidade informa que 500 canais tradicionais foram credenciados para cobertura

Jamil Chade - Enviado especial ao Rio, O Estado de S. Paulo

17 Agosto 2016 | 12h43

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quarta-feira que, até o final dos Jogos Olímpicos, cerca de metade da população mundial vai ter consumido imagens e informações sobre o evento no Rio de Janeiro, nas diferentes plataformas, incluindo TV e redes sociais.

Segundo a entidade, são 500 canais tradicionais credenciados para cobrir e transmitir imagens dos eventos, além de 250 plataformas digitais. No Brasil, a Rede Globo já registrou sua maior audiência desde a Copa do Mundo de 2014 durante a Olimpíada. Segundo o COI, a audiência tem sido também bastante importante no continente americano, que opera no mesmo fuso horário do Rio de Janeiro.

Por sua vez, a rede americana NBC já teria acumulado 2 bilhões de minutos de emissões, em todas suas plataformas. "Isso é maior que toda a história da transmissão", afirmou o COI. Foi a NBC quem definiu parte da agenda dos esportes e seus horários, colocando eventos no Rio perto da meia-noite no horário local, caso especialmente do vôlei de praia, que nesta quarta-feira terá a final da chave feminina realizada a partir das 23h59.

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.