Com 11 rivais com marcas melhores, Fernando Saraiva chega ao Rio como azarão

Confederação teve trabalho para inscrever atletas da modalidade

Demétrio Vecchioli, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2016 | 21h16

A impossibilidade de inscrever atletas em todas as categorias do levantamento de peso faz com que a disputa olímpica na modalidade inicie com jogo de xadrez na fase de inscrições, com as principais potências tendo que escolher por quais medalhas vão brigar. Esse jogo, porém, acabou não ajudando em nada o brasileiro Fernando Saraiva, único brasileiro que mira uma medalha.

Praticamente todos os rivais de Fernando na categoria peso pesado (+105kg) que têm marcas melhores que a dele foram inscritos por seus respectivos. É o caso, por exemplo, do georgiano Lasha Talakhadze, que já levantou 463kg nesta temporada. Como comparação, o brasileiro tem seu recorde nacional em 427kg, ainda que planeje chegar a 450kg no Rio.

Considerando apenas os resultados dos últimos dois anos, também estão inscritos o russo Ruslan Albegov (440kg), o taiwanês Shih-Chieh Chen (438kg), o estoniano Mart Seim (438kg), os armênios Gor Minasyan (442kg) e Ruben Aleksanyan (433kg), o georgiano Irakli Turmanidze (435kg), o alemão Almir Velagic (433kg), o iraniano Behdad Salimikordasiabi (430kg), Hojamuhammet Toychyyev (428kg), do Turcomenistão, e o egípcio Ahmed Mohamed (429kg). A única ausência entre os melhores do mundo é o também egípcio Mohamed Massoud, segundo do ranking mundial do ano passado.

No levantamento de peso, as marcas máximas atingidas por cada atleta são importantes no resultado final de uma competição porque cada competidor tem apenas três chances em cada exercício (arremesso e arranco), devendo decidir quantos quilos quer colocar na barra. Em se repetindo os resultados do Mundial do ano passado, por exemplo, Fernando vai precisar levantar pelo menos 437kg. Naquela competição em Houston, o brasileiro foi 10.º colocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.