Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Com Ingrid na final, Brasil faz história na Copa do Mundo de Saltos Ornamentais

Seleção brasileira conquista quatro vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Redação, Estadão Conteúdo

05 de maio de 2021 | 11h48

O Brasil encerrou nesta quarta-feira a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, realizada em Tóquio, no Japão, com uma campanha histórica. A seleção brasileira obteve quatro vagas garantidas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e duas finais, algo que nunca havia acontecido na história da modalidade no país.

O último grande feito foi de Ingrid Oliveira. A carioca, que já havia garantido uma vaga para o Brasil nos Jogos Olímpicos, terminou a disputa da plataforma em 10.º lugar, atingindo uma final inédita para as saltadoras de plataforma do Brasil. Na última segunda, Kawan Pereira, também na plataforma, disputou uma final inédita para os Saltos Ornamentais.

"Estou muito feliz por esse resultado inédito. Não sabia que o Brasil nunca tinha ido a uma final de Copa do Mundo, então é motivo de muito orgulho. Foi muito bom para saber como é estar em uma final, como será nos Jogos Olímpicos, como devo me comportar na prova. Estava bem tranquila e relaxada para competir e isso foi muito bom", disse Ingrid.

Ao todo, quatro brasileiros garantiram o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020: Luana Lira, no trampolim de 3 metros, e Ingrid Oliveira, Kawan Pereira e Isaac Souza, na plataforma, foram os grandes destaques. Giovanna Pedroso, que terminou a disputa da plataforma em 20.º lugar, ainda tem chances de ir à Olimpíada. A definição será em junho a partir de um comunicado da Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em francês).

"Voltamos para casa com quatro vagas e duas finais na Copa do Mundo. Sinal que o trabalho está no caminho certo. Agora é seguir firme rumo aos Jogos Olímpicos", falou Ricardo Moreira, diretor de Saltos Ornamentais da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e chefe de equipe em Tóquio.

A seleção retorna ao Brasil nesta quinta-feira e dará início ao planejamento para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.