Com melhor ar em uma década, Pequim promete acabar com neblina

Pequim respirou no mês de agosto omelhor ar em uma década na cidade e vai adotar novas medidasrígidas para garantir que a notória neblina não volte àcidade-sede dos Jogos Olímpicos, disse nesta terça-feira umaautoridade ambiental da capital chinesa. Durante os últimos 18 dias, a qualidade do ar na cidadevariou entre excelente e muito boa no índice da China, disse DuShaozhong, vice-diretor do Escritório de Proteção Ambiental dePequim. E ele prometeu que as boas condições vão continuar depoisdos Jogos Olímpicos, que se encerram no dia 24. "Pequim será transformada", disse Du. "Vamos adotar algumasnovas medidas para garantir que a qualidade do ar atingirá umnovo nível depois dos Jogos Olímpicos." Du acrescentou que essas medidas serão anunciadas após aOlimpíada, depois que as autoridades ambientais concluamestudos sobre Pequim. "Se vai ser uma redução nas emissões de automóveis, ou umaredução no pó das construções ou uma redução na poluição docarvão, acho que as exigências serão mais rigorosas", disseele, citando três das principais causas de poluição do ar nacidade de 15 milhões de habitantes. A baixa qualidade do ar era uma das maiores preocupações deatletas e organizadores antes dos Jogos de Pequim, e acerimônia de abertura no dia 8 de agosto, foi realizada sob umanuvem de calor. Centenas de fábricas em Pequim e nos arredores foramfechadas e metade dos carros foram tirados diariamente das ruasde Pequim antes dos Jogos para melhorar a qualidade do ar. Trêsdias de chuva já durante a competição também ajudaram amelhorar o ar, disse Du. Ele ainda confirmou que mais chuvavirá pela frente quarta e quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.