Com novo doping de 2008, Azerbaijão deve ser banido no levantamento de peso

A descoberta de um terceiro caso positivo de doping na reanálise das amostras colhidas nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, pode impedir que mais um país dispute o Rio-2016 no levantamento de peso. Após Rússia, Casaquistão e Bielo-Rússia, agora é o Azerbaijão que está na berlinda.

Estadão Conteúdo

07 de julho de 2016 | 19h10

Há duas semanas, a Federação Internacional de Levantamento de Peso (IWF, na sigla em inglês) anunciou que suspenderia países que tiverem três atletas suspensos por doping após as reanálises das amostras colhidas em Pequim-2008 e Londres-2012.

À época, sabia-se de três resultados analíticos adversos de atletas da Rússia, três de competidores do Casaquistão e mais três de bielo-russos. Mas como ainda há todo um trâmite judicial para que os resultados dos testes se transformem em suspensão, a punição aos países ainda não foi aplicada.

O Azerbaijão se juntou aos vizinhos nesta quinta-feira, quando a IWF anunciou o resultado analítico adverso de Sardar Hasanov, que testou positivo para um anabolizante durante os Jogos de Pequim. Como outros dois atletas já haviam caído no doping durante as reanálises, o Azerbaijão também pode ser banido.

O país, de qualquer forma, já havia perdido duas vagas no Rio-2016 porque seis de seus atletas foram suspensos por doping no ano passado. O levantamento de peso é a única modalidade que colocou, entre os critérios de classificação para a Olimpíada, uma restrição por acúmulo de casos de doping.

Desde o início do processo de classificação para a Olimpíada, a modalidade instituiu como regra a punição que o atletismo impôs à Rússia. Países com mais de nove atletas flagrados durante um ano poderiam ser excluídos do Rio-2016. A Bulgária teve 11 casos de doping no Europeu do ano passado e recebeu essa punição antes do Mundial. A CAS referendou a exclusão.

Azerbaijão, Casaquistão, Moldávia, Coreia do Norte e Rússia já perderam duas vagas cada. A Bielo-Rússia se juntou a Romênia e Usbequistão perdendo uma credencial por enquanto. No levantamento de peso, os resultados somados de atletas de um mesmo país geram um ranking de nações que, por sua vez, determina a quantas vagas cada país tem direito em Olimpíadas e Mundiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.