Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Comitê Rio 2016 quer Arena Corinthians nos Jogos Olímpicos

Clube alega não ter dinheiro e ameaça tirar estádio do evento

RONALD LINCOLN JR. E SILVIO BARSETTI, O Estado de S. Paulo

18 Março 2015 | 14h34

O Comitê Rio 2016 descartou nesta quarta-feira a hipótese de tirar o estádio do Corinthians, o Itaquerão, da Olimpíada. Após a arena ser oficializado pela Fifa como uma das sedes de futebol dos Jogos de 2016 no dia anterior, o presidente corintiano Roberto de Andrade ameaçou tirar o estádio do evento, alegando que o clube não teria condições de bancar as instalações temporárias previstas, que custariam cerca de R$30 milhões.

Em entrevista nesta quarta-feira, o diretor de comunicação do Comitê Rio 2016, Mario Andrada, informou que haverá uma reunião no dia 23 deste mês, em São Paulo, para tentar definir quem vai ficar responsável por custear as instalações temporárias.

"Vamos sentar com o governo de São Paulo, Corinthians, Federação Paulista de Futebol e CBF para resolver. A melhor solução é manter o plano A (o estádio do Corinthians)", explicou Andrada. "Se gastarmos energia com o plano B, o plano A vai voar. Por isso, não pensamos em outra alternativa."

Além dos custos com as instalações, o Corinthians também reclama a liberação de R$420 milhões em Certificados de Incentivo Desenvolvimento (CIDs) emitidos pela Prefeitura de São Paulo para a construção do estádio, e que estão retidos pelo Ministério Público para investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.