‘Conceito comunica ao mundo nossa essência como nação’

Designer apresenta as novidades da tocha e fala sobre o processo de confecção do objeto que traz a essência do País

Entrevista com

Gustavo Chelles

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2016 | 17h00

Pela primeira vez uma tocha olímpica se movimenta. A inovação foi concebida para os Jogos do Rio por Gustavo Chelles, que nesta entrevista ele conta como foi o trabalho.

Quanto tempo levou o processo de criação da tocha olímpica?

O processo de criação por parte da equipe da Chelles & Hayashi Design levou oito semanas, e consistiu em pesquisa, criação de conceitos de design, detalhamento técnico, impressão 3D em escala 1:1 da proposta e confecção do material de apresentação do projeto. Em seguida, a fase de viabilização técnica englobou engenharia, protótipos, testes e produção tomou aproximadamente 12 meses, com a participação também dos times de Design, Marca e Revezamento da Rio-2016, e do time montado pela Recam, fabricante da tocha localizado na Espanha.

Como surgiu a ideia?

A tocha é o suporte da Chama Sagrada, símbolo da energia dos Jogos e conexão com os princípios históricos que juntam pessoas de todo o mundo para celebrar a Excelência, Respeito, Amizade (três pilares do Movimento Olímpico), Inspiração, Igualdade, Coragem e Determinação (quatro pilares do Movimento Paralímpico). A Marca da Rio-2016 também tem seus pilares de inspiração: Diversidade Harmônica, Energia Contagiante, Natureza Exuberante e Espírito Olímpico. Tudo isso representou o ponto de partida para a criação do conceito da tocha, que deveria além de prover um suporte adequado para a chama, inspirar as pessoas e comunicar ao mundo o que somos, qual o nosso potencial e nossa essência como nação.

Quais as novidades dela?

De forma inovadora em relação a Jogos anteriores, essa tocha traz de forma mais evidente a essência do país-sede e sua gente: nossa simplicidade exterior e a riqueza interior, revelada na abertura dos segmentos. Os cortes são vibrantes como nossa energia, expressam a organicidade de nossa natureza e de nossa gente, o movimento de abertura para o alto simboliza superação e transcendência. A tocha dos Jogos Rio-2016 é a primeira a propor um movimento mecânico real para enfatizar seu simbolismo, e esperamos que mais coisas bacanas possam vir, tornando a nossa tocha inesquecível.

Quais itens de segurança existem para evitar acidentes?

Entre outras coisas, a tocha vem com uma trava de segurança para abertura de gás, que só é liberada pela equipe do revezamento na hora H. Em segundo lugar, a região onde o condutor pega a tocha é bem definida pelo acinturamento da forma. Ela fica bem longe da área quente, e os cortes, além da função estética, impedem a condução de calor de cima para baixo.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos OlímpicosOlimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.