Reuters
Reuters

Confira a repercussão internacional da cerimônia de abertura do Rio-2016

Baixo orçamento da festa é destacado pela mídia estrangeira

O Estado de S. Paulo

06 Agosto 2016 | 03h09

Como não poderia deixar de ser, o mundo parou para assistir à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio-2016, na noite desta sexta-feira, no Estádio do Maracanã. A boa notícia para os brasileiros é a de que a festa foi bem vista pelos estrangeiros, ou, pelo menos, para os principais veículos de imprensa internacional. O baixo custo, que corresponde a cerca de 10% do investimento na abertura da Olimpíada de Londres, também foi destacado pelos veículos de imprensa pelo mundo. Confira a repercussão internacional da festa.

New York Times (EUA) - "Jogos dourados começam em um Rio enérgico"

"Se havia uma nação com a necessidade de um espetáculo de elevação neste momento, mesmo que sob a forma de um exercício de relações públicas, esta nação é o Brasil"

Washington Post (EUA) - "Orçamento da abertura olímpica do Rio teve orçamento baixo, mas grande apelo"

"Ao som das ondas quebrando e da suave Bossa Nova, os Jogos Olímpicos começaram nesta sexta-feira com uma celebração da terra, da música e da cultura brasileira. Uma festa de dança cor de arco-íris que destacou as glórias e as tragédias do maior país da América do Sul"

The Guardian (Reino Unido) - "Cerimônia de abertura do Rio-2016 é um misto de patriotismo aparado e clima de preocupação"

"Com alguma ajuda da supermodelo Gisele Bündchen, uma equipe de refugiados, milhares de mudas, a rapper de 12 anos MC Soffia e uma injeção de patriotismo, organizadores esperam que a cerimônia de abertura marque a ruptura definitiva de uma construção conturbada"

Marca (Espanha) - "Rio pede para que salvemos o planeta em sua cerimônia"

"Um espetáculo maravilhoso de luzes, imagens e som, que como novidade incluiu uma mensagem altamente simbólica que poderia ser resumida em um "salvem o planeta", slogan que se torna mais importante no país que abriga a saqueada floresta amazônica"

L'Équipe (França) - "Que comecem os Jogos"

"Os Jogos Olímpicos do Rio começaram oficialmente nesta sexta-feira com uma cerimônia de abertura festiva no estádio do Maracanã, pontuada pela bossa nova e pela vontade de enviar uma mensagem de cura social"

Clarín (Argentina) - "Rio vibra com uma festa cheia de música, cores e esporte"

"A cerimônia de abertura foi uma exibição à altura da Cidade Maravilhosa. Havia ritmo e beleza em cada passo no lendário Estádio do Maracanã"

Mais conteúdo sobre:
RIo 2016 Olimpíada Rio de Janeiro Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.