Natacha Pisarenko/Reuters
Natacha Pisarenko/Reuters

Dacar é confirmada como sede da próxima edição dos Jogos da Juventude, em 2022

Inicialmente, outros três países pleiteavam a sede (Botsuana, Nigéria e Tunísia)

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2018 | 16h50

A quarta edição dos Jogos Olímpicos da Juventude será realizada em Dacar, no Senegal, em 2022. A cidade foi oficializada como palco do próximo evento nesta segunda-feira em Buenos Aires, onde a competição está sendo disputada. Os membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovaram a cidade por decisão unânime.

Inicialmente, outros três países pleiteavam a sede (Botsuana, Nigéria e Tunísia), mas a comissão de avaliação do Comitê Executivo do COI entendeu que Dacar tinha a melhor proposta e as condições mais ideais de organizar os Jogos Olímpicos da Juventude, que pela primeira vez será realizado no continente africano.

"A África se uniu em torno de Senegal para receber os Jogos Olímpicos da Juventude de 2022. Com uma população jovem e paixão pelo esporte, chegou o momento da África e de Senegal", disse Thomas Bach, presidente do COI. Foi ressaltado também que o país já vem promovendo investimentos em esporte e nos jovens.

A escolha de Dacar foi endossada pelos outros três países africanos que em um primeiro momento se mostraram interessados em receber a competição, que será realizada em três cidades: a capital Dacar, Diamniadio e Saly, no litoral do país. "De fato, toda a África vai dar boas-vindas aos jovens atletas do mundo em 2022", afirmou Macky Sall, presidente de Senegal, que receberá o evento em maio ou junho, daqui a quatro anos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.