Lucas Figueiredo/ CBF
Lucas Figueiredo/ CBF

Daniel Alves não esconde a ansiedade pela estreia: 'Sou como o Benjamin Button'

Apesar dos 38 anos e larga experiência com o uniforme da seleção brasileira, lateral são-paulino revela 'frio na barriga' por duelo desta quinta-feira com a Alemanha

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2021 | 03h46

Dono de mais de quarenta títulos na carreira, Daniel Alves, aos 38 anos, admitiu, nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, grande ansiedade pela estreia da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, diante da Alemanha, às 8h30, desta quinta-feira, em Yokohama.

O lateral-direito brincou ao lembrar do protagonista do filme "O Curioso Caso de Benjamin Button", que nasce idoso e rejuvenesce à medida que o tempo passa.

"Sou como o Benjamin Button. Vou de mais a menos. Poder estar aqui é muito especial para mim. Bati na trave duas vezes e, na terceira, aconteceu. Grato pela confiança e pelo trabalho feito em toda a carreira. Todos sabem que tenho o espírito muito jovem", afirmou o atleta.

Acostumado a disputar as maiores competições de futebol pelo mundo, Daniel Alves se impressionou com a grandeza dos Jogos Olímpicos. "Independentemente da história que se tenha, a primeira vez sempre é especial. Estamos em igualdade de experiência na grande maioria, porque nunca participamos de um evento tao grande, gigantesco como esse. Por mais que tenha vivido coisas grandiosas e especiais, a primeira vez sempre tem o friozinho na barriga, o nervosismo bom, saudável. Espero estar a altura não só da competição, mas também da minha seleção."

Daniel Alves é um dos titulares do técnico André Jardine, que deve escalar para a estreia o time titular com: Santos, Daniel Alves, Diego Carlos, Nino e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Richarlison, Antony e Matheus Cunha.

Brasil e Alemanha decidiram a última medalha de ouro olímpica na Rio-2016, com vitória brasileira nos pênaltis. Depois do duelo desta quinta, a seleção nacional, que está no Grupo D, volta a campo para encarar Costa do Marfim, domingo, e Arábia Saudita, na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.