Kyodo News via AP
Kyodo News via AP

Dicas para a Olimpíada de Tóquio-2020

Mundo dos esportes estará reunido na capital do Japão para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Allan Richarz*, The New York Times

30 de novembro de 2019 | 17h10

No próximo ano, o mundo dos esportes estará reunido em Tóquio para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020. Para o evento,  estão sendo esperados cerca de 600 mil visitantes do mundo inteiro, e os Jogos serão um teste de resistência em termos de planejamento e logística, tanto para os organizadores quanto para os espectadores. Mas os hóspedes poderão aproveitar ao máximo a sua estada em Tóquio de várias maneiras, e contribuir para que os Jogos se desenrolem sem problemas.

O guia abaixo ajudará a responder às perguntas sobre a Olimpíada de 2020 e fornecer aos participantes  dicas e truques.

ONDE SE REALIZARÃO AS PROVAS?

A Olimpíada de 2020 se iniciará oficialmente com a cerimônia de abertura em Tóquio, no dia 24 de julho, com jogos preliminares de softbol e futebol a partir do dia 22 de julho, encerrando-se no dia 9 de agosto. A Paralimpíada começará no dia 22 de agosto e se encerrarão no dia 6 de setembro.

Os Jogos se realizarão em nove prefeituras, e a maioria deles em duas áreas de Tóquio: a Zona da Herança, com a utilização de edifícios renovados da Olimpíada de 1964, e a Zona da Baia de Tóquio, projetada para servir de “modelo para um desenvolvimento urbano inovador”. Os locais fora de Tóquio incluirão o estádio Sapporo Dome, na ilha de Hokkaido (onde ocorrerão jogos de futebol) e o Estádio de Beisebol de Azuma Fukushima em Fukushima.

QUAIS SÃO OS NOVOS ESPORTES?

Às modalidades tradicionais da Olimpíada foram acrescentados novos esportes, agora, um total de 33: skate, escalada esportiva, surfe, e, muito adequados para o Japão, beisebol e softbol, e karatê.

COMO COMPRAR INGRESSOS?

Trinta por cento dos aproximadamente 7,8 milhões de ingressos foram reservados para os visitantes estrangeiros, e serão vendidos pela “Revendas Autorizadas”. No momento em que escrevemos este artigo, todos os ingressos disponíveis já haviam sido vendidos, embora deva haver subsequentes impressões de bilhetes antes do início dos Jogos, até o final, em 2020.

O comitê organizador também terá colocará à disposição um site de vendas online a partir dos primeiros meses do ano.

A falta de ingressos não implicará necessariamente que a Olimpíada perca o seu atrativo. O comitê organizador aprovou  30 locais de “Sites ao vivo” em todo o Japão para os que não dispuserem de bilhetes. Estes locais terão transmissões das provas ao vivo pela televisão, eventos culturais e, entre outros programas, os participantes terão a oportunidade de experimentar vários esportes olímpicos e paraolímpicos.

A rede ferroviária e o metrô de Tóquio terão preços espantosos. Hotéis “cápsulas”  que normalmente  cobram $ 20 o pernoite, estão anunciando preços acima dos $ 100.

Depois de um começo conturbado em termos de regulamentações, as acomodações pela Airbnb decolaram no Japão para ajudar a atender ao boom turístico do país. Entretanto, as reservas estão aceleradas, e as acomodações remanescentes têm preços muito elevados.

Para combater a escassez,  navios de cruzeiro também deverão ser solicitados a oferecer os seus serviços.

OPÇÕES PARA AS REFEIÇÕES

Seja uma lanchonete para consumir uma refeição de pé ou um sushi a $ 300 o prato, é quase impossível errar comendo em um restaurante no Japão.

E embora Tóquio tenha fama de uma cidade muito cara, refeições excelentes não precisam custar  demais. Na realidade, graças à rigorosa segurança dos alimentos e às leis de marketing, até as lanchonetes para refeições rápidas, como as cadeias da Gusto que se encontram em toda parte, assim como a Saizeriya e a Royal Host, oferecem comida de excelente qualidade.

Os melhores preços se encontram na Shinjukukappo Nakajima, ou para os amantes do ramen, Nakiryu no distrito de Toshima, na capital – restaurantes que constam do guia Michelin onde o almoço começa a partir de menos de $ 10.

ALÉM DOS JOGOS

Felizmente, os Jogos  ocorrem na alta temporada dos  festivais japoneses e de outros  eventos esportivos, de maneira que os visitantes terão uma quantidade de alternativas.

Para os que procuram o autêntico sabor do Japão, uma excelente opção  é o festival “matsuri” de verão. O dos famosos fogos artificiais de Tóquio ocorre no final de julho e em geral costuma atrair multidões, mas para uma experiência mais tranquila, há os Takasaki Fireworks Matsuri na vizinha prefeitura de Gunma. Realizado no primeiro sábado de agosto, o festival apresenta desfiles de elaborados  carros alegóricos, música ao vivo e se conclui com  um espetáculo de fogos de uma hora de duração.

O festival tem espaços abertos de onde é possível apreciar o espetáculo. Basta estender uma lona para reservar um lugar e voltar mais tarde para assistir ao show.

O famoso campeonato nacional  de beisebol para estudantes do segundo grau de Koushien também é realizado do começo ao final de agosto. Com o ingresso de $ 8 a $ 20 e garantindo o acesso de três a quatro jogos diariamente, os fãs podem assistir a partidas de beisebol de grande qualidade em um estádio lotado com a energia de um jogo profissional.

*Tradução de Anna Capovilla

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.