Diretoria do Milan libera Ronaldinho para as Olimpíadas

Apesar de não liberar Kaká, clube italiano vê com bons olhos ida do mais novo contratado para readquirir ritmo

AE, Agencia Estado

16 de julho de 2008 | 11h49

A diretoria do Milan anunciou nesta quarta-feira que o meia-atacante Ronaldinho, recém-contratado pelo clube, será liberado para disputar a Olimpíada de Pequim. Havia a dúvida sobre a presença do atleta nos Jogos, já que a equipe não permitiu que Kaká servisse a seleção brasileira. Veja também:O desempenho de Ronaldinho nos clubes Ronaldinho dará certo no Milan? Curiosidades da carreira de Ronaldinho Gaúcho   Que Ronaldinho não seja o Ronaldo Ronaldinho diz estar feliz por jogar no Milan Ronaldinho Gaúcho chega à Itália para ser apresentado ao Milan Ronaldinho promete se comprometer com o Milan Ronaldinho é recebido com festa por torcedores do Milan Técnico do Milan entusiasmado com contratação de Ronaldinho Milan anuncia a contratação de Ronaldinho Gaúcho"Nós respeitamos o compromisso que ele fez antes de chegar ao Milan. Se ele já fosse um jogador do clube antes, não liberaríamos, mas ele foi comprado a uma semana da apresentação para os Jogos", explicou o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, durante a entrevista coletiva de apresentação do atleta. Ronaldinho foi confirmado no clube no início da noite de terça-feira.O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, também aprovou a participação de Ronaldinho em Pequim. "Será uma boa ocasião para ele pegar ritmo de jogo", argumentou o comandante da equipe italiana.Ronaldinho foi um dos três jogadores acima de 23 anos chamados por Dunga para a seleção olímpica, que tenta conquistar a inédita medalha de ouro. Thiago Silva, do Fluminense, e Robinho, do Real Madrid, foram as outras opções do treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.