Divulgação
Divulgação

Em 15º no ranking, Raiza Goulão fica próximo do Rio-2016

No moutain bike, colocação de Raiza é histórica para o Brasil

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2016 | 15h06

A mais recente atualização do ranking mundial do mountain bike trouxe uma boa novidade para o Brasil. Raiza Goulão está cada vez mais perto da elite da modalidade e, após o vice-campeonato pan-americano, no fim de semana passado, aparece no 15.º lugar. É a melhor posição já ocupada por uma brasileira na história da modalidade.

Faltando 50 dias para o encerramento do período de classificação para a Olimpíada, Raiza está muito próxima dos Jogos. Com 1.151 pontos, ela abriu quase 200 de folga sobre Isabella Lacerda, que tem 859 e não foi ao Pan-Americano porque contraiu dengue às vésperas da competição.

O Brasil tem pelo menos uma vaga na Olimpíada, que será da melhor brasileira do ranking mundial. Caso Isabella obtenha bons resultados nesses próximos 50 dias e alcance Raiza, a tendência é que, pelo ranking de nações, o Brasil obtenha uma segunda vaga nos Jogos.

No masculino, Henrique Avancini já pode comemorar a ida à Olimpíada. Ele é 24.º do ranking mundial depois da prata do Pan, com 843 pontos. Ricardo Pscheidt tem 460 e precisaria ganhar tudo nos próximos 50 dias para alcançá-lo. Da mesma forma que no feminino, se isso acontecer, a soma dos pontos deles permitiria ao Brasil subir no ranking olímpico e garantir uma segunda vaga.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaRio-2016Olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.