Em campanha antes dos Jogos, China quer menos lixo

Governo chinês comemora empenho da população para reduzir a poluição e tornar a Olimpíada agradável

Lindsay Beck, da Reuters,

04 de outubro de 2007 | 13h09

Uma enorme campanha governamental para tornar Pequim mais limpa a tempo da celebração dos Jogos Olímpicos de 2008 parece estar dando certo. Funcionários de limpeza na Praça Tiananmen (Praça da Paz Celestial) - o coração de Pequim e uma das maiores atrações para turistas domésticos - disseram que vêm tendo uma carga de trabalho menor durante a semana do feriado local conhecido como o Dia Nacional neste ano. "O lixo deixado na Praça Tiananmen diariamente foi cerca de um terço da quantidade deixada por turistas no ano passado", informou uma autoridade do Grupo de Saneamento Ambiental de Pequim, segundo a agência de notícias Xinhua. Na contagem regressiva para as Olimpíadas, em agosto do ano que vem, o governo tem feito campanhas para coibir que as pessoas furem filas, cuspam, joguem lixo e até mesmo falem alto em público, temendo que tal comportamento possa manchar a imagem da cidade. Durante a última semana de feriados na China, em maio, Pequim multou mais de 50 pessoas por cuspir e autoridades distribuíram cerca de 10 mil sacos numa tentativa de evitar que as pessoas sujem as ruas.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.