Enquete: o Brasil está preparado para conter ataques terroristas nos Jogos?

Em 21 dias, o mundo estará olhando para o Rio de Janeiro, na abertura da Olimpíada

O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2016 | 11h34

O novo ataque terrorista na França, em Nice, durante festa do Dia da Queda da Bastilha, nesta quinta, com 76 mortes e mais de 100 feridos, deixando um rastro de destruição quando um caminhão avançou contra a multidão, provocou uma onda de dúvidas sobre a segurança nos Jogos Olímpicos do Rio. Em três semanas, o mundo estará olhando para a cidade brasileira, sede da próxima Olimpíada. Dezenas de chefes de Estado estão prestes a confirmar presença na cerimônia de abertura da competição, no Maracanã, dia 5 de agosto, e perto de 10 mil atletas, os mais renomados do planeta, entre eles Usain Bolt, da Jamaica, e Michel Phelps, dos Estados Unidos, participarção do desfile. O Estado quer saber que o Brasil tem condições de oferecer a segurança necessária para atletas, delegações, turistas e brasileiros que acompanharão os Jogos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.