Toshifumi Kitamura/AFP
Toshifumi Kitamura/AFP

Entenda qual o significado dos arcos olímpicos

Símbolo é o mais marcante para representar a disputa dos Jogos Olímpicos

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2020 | 13h43

Os Jogos Olímpicos contam com um símbolo que se tornou tão conhecido em todo o mundo quanto a própria competição. Os arcos ou anéis olímpicos representam uma forma encontrada pelo para simbolizar todo o mundo na principal competição esportiva do planeta. Vale lembrar que os Jogos de Tóquio-2020 foram adiados para o ano que vem, em razão do coronavírus.

Os anéis olímpicos são compostos por cinco arcos entrelaçados das cores azul, amarelo, preto, verde e vermelho e o fundo, tradicionamente, é branco. O símbolo foi criado em 1913, pelo Barão Pierre de Coubertin, fundador dos Jogos Olímpicos modernos.

Qual o significado dos anéis olímpicos?

Os anéis representam os cinco continentes (América, Europa, Ásia, África e Oceânia) e as cores utilizadas foram escolhidas por Pierre de Coubertin como sendo as que estão presentes em todas as bandeiras dos países existentes: azul, preto, vermelho, amarelo e verde.

Pelo menos uma dessas cores está presente nas bandeiras dos países participantes dos Jogos. A ideia é simbolizar a união dos povos e dos continentes. 

Existe uma versão de que cada arco representa um continente, mas isso é negado pelo COI. De acordo com essa teoria, o azul seria Europa, o preto a África, o vermelho a América, o amarelo seria a Ásia e o verde a Oceania. 

Tudo o que sabemos sobre:
Olimpíada 2020 Tóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.