Equipe masculina do Brasil conquista vaga histórica no Rio-2016

Classificação veio no Mundial de Glasgow, na Escócia

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2015 | 20h57

A equipe brasileira masculina de ginástica fez história nesta segunda-feira ao obter uma inédita classificação olímpica para os Jogos do Rio, em 2016. A vaga foi obtida no Mundial de Glasgow, na Escócia, com o time composto por Arthur Nory Mariano, Arthur Zanetti, Caio Souza, Francisco Barretto Júnior, Lucas Bitencourt e Péricles Silva.

A classificação olímpica foi resultado da sétima colocação obtida pela equipe brasileira na fase qualificatória do Mundial. Além de se garantir no Rio, os brasileiros avançaram à final por equipes, ao registrar 349,057 pontos. A disputa das finais está marcada para esta quarta. Também se garantiram na final Japão, China, Grã-Bretanha, Rússia, Estados Unidos, Suíça e Coreia do Sul.

 

"Esse é o fruto de um grande trabalho que começou há alguns anos. É um momento histórico. Classificar uma equipe inteira sempre foi o nosso sonho. Já perseguimos isso há algum tempo", comemorou o treinador chefe da seleção, Renato Araújo. "Batemos na trave no último ciclo, pois em Londres tivemos três atletas, mas não a equipe completa. Este é o melhor momento da ginástica artística masculina do Brasil."

A vaga é muito comemorada porque amplia as possibilidades de medalha para o Brasil na Olimpíada. Com o lugar na disputa por equipes, a seleção pode ter mais atletas competindo no individual geral ou por aparelhos.

Com a vaga obtida na Escócia, a seleção também festeja o maior tempo para a preparação olímpica. "Temos, agora, pouco mais de nove meses para trabalhar focados na Olimpíada. Se não tivéssemos nos classificados, teríamos que nos organizar para o evento-teste e, só depois disso, começar a trabalhar para os Jogos Olímpicos. Acredito que podemos ter um resultado melhor em 2016 com essa preparação desde já", afirmou o treinador.

No Mundial de Glasgow, o Brasil também será representado na final da barra fixa, pela primeira vez, e no individual geral. Arthur Nory Mariano, terceiro colocado na classificação, competirá na barra fixa e no individual. Neste terá a companhia de Lucas Bitencourt.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.