Erdogan diz que Turquia poderá ser candidata aos Jogos de Inverno de 2026

País fracassou em várias tentativas de abrigar os Jogos Olímpicos de Verão

Estadao Conteudo

12 de abril de 2017 | 12h06

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta quarta-feira que o país está considerando uma candidatura para abrigar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026. O líder turco revelou que existe a possibilidade de o país pleitear a sua condição de sede com a ideia de que as disputas da grande competição ocorram nas províncias orientais de Erzurum, Erzincan e Kars.

O anúncio feito por Erdogan nesta quarta aconteceu durante um comício de campanha em Erzurum, onde voltou a defender um referendo constitucional a ser realizado no próximo domingo e no qual visa ampliar os seus poderes de presidente sob a justificativa de que isso poderá fortalecer a Turquia mundialmente.

Ao defender Erzurum como uma das possíveis cidades-sede dos Jogos de Inverno, o presidente turco avisou: "Estamos fazendo os preparativos para tal candidatura para 2026". Embora pouco conhecida, esta cidade já possui experiência esportiva, tendo abrigado anteriormente os Jogos Mundiais Universitários em 2011.

Depois de fracassar em várias tentativas de abrigar os Jogos Olímpicos de Verão, a Turquia pode então estar prestes a oficializar a sua primeira candidatura a uma edição da Olimpíada de Inverno. Em 2013, Istambul, a principal cidade do país, foi derrotada por Tóquio na luta para abrigar os Jogos Olímpicos de 2020, que serão na capital japonesa depois de o Rio de Janeiro ter sido o palco da Olimpíada de 2016.

A próxima edição dos Jogos de Inverno será realizada em Pyeongchang, em fevereiro de 2018, na Coreia do Sul. Quatro anos depois, Pequim, na China, abrigará a competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.