Estábulos da Olimpíada serão 'seis estrelas', afirma organizador

Instalações terão ar condicionado e máquinas de bebidas, entre outras coisas, em Hong Kong, local das provas

EFE

02 de abril de 2008 | 11h55

Os cavalos que participarem das provas de hipismo da Olimpíada de 2008, que serão disputadas em Hong Kong, desfrutarão de "instalações seis estrelas", segundo afirmou nesta quarta-feira o gerente de estábulos do Jóquei Clube local, Tony Shea. Shea indicou que as delegações de Itália, México, Holanda e Estados Unidos, que já viajaram para Hong Kong, louvaram a excelência dos estábulos, os quais ele pessoalmente qualificou como de "seis estrelas". As instalações, que podem abrigar até 200 cavalos, em cabines de até 3,6 metros quadrados cada, contam com ar condicionado e máquinas de bebidas, além das opções de água fria ou quente. Além disso, as áreas anexas aos estábulos contam com salão de jogo e salas de lavanderia para as equipes. A entrada de cada bloco está equipada com uma cortina de ar para frear a penetração de ar quente e manter o interior do local a 23 graus centígrados. Por outro lado, tanto o solo quanto as paredes estão revestidos com borracha, para impedir que os cavalos se machuquem. E para evitar infecções acidentais dos animais, qualquer pessoa que entre nos estábulos será obrigada a desinfetar as mãos e vestir um roupão esterilizado. A insistência na excelência dos estábulos se tornou mais importante depois que a equipe suíça de adestramento desistiu, em janeiro, de participar dos Jogos, devido às extremas condições de calor e de umidade de Hong Kong, que poderiam, segundo alegaram, afetar a saúde de seus cavalos.  

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008hipismoHong Kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.