Estação de metrô de Pequim fecha em dia de restrição a carros

Uma das linhas de metrô mais importantesde Pequim foi interditada na segunda-feira, quando osfuncionários fecharam as entradas no primeiro dia útil sob asrestrições ao tráfico especiais para as Olimpíadas. Os passageiros puderam entrar na linha 2, que cerca ocentro de Pequim, mas não nas linhas que a atravessam. Pelomenos uma grande estação de baldeação, a Jianguomen, foifechada. "Não há uma concentração muito grande de passageiros.Tivemos de fechar a linha por razões de segurança", disse umfuncionário do metrô, em frente aos portões fechados da estaçãoFuxingmen, ponto de transferência para a Linha 1. A companhia de metrô não pôde comentar, mas a agência denotícias oficial Xinhua citou Jia Peng, autoridade da companhiade metrô, que teria dito que os atrasos foram causados porproblemas no sistema de sinal. "Os serviços foram atrasados, mas não porque haviapassageiros demais. Já vimos mais passageiros no passado",disse Jia, segundo a Xinhua. Outra linha importante, a Linha 1, ficou fechada por quase20 minutos na tarde de segunda-feira, depois que uma mulher seatirou nos trilhos, segundo a Xinhua. A mulher foi retirada de lá, segundo uma porta-voz ouvidapela Xinhua. A agência não disse se ela ficou ferida. Os planos de contingência de tráfico têm o objetivo detirar metade dos veículos das ruas utilizando um sistema derodízio de placas. As ruas ficaram notadamente mais calmas, masainda estavam bastante movimentadas durante a hora do rush,pela manhã. As novas regras, que entraram em vigor no domingo,estabelecem que os carros estão proibidos de circulardependendo do número de sua placa. A maioria dos carrosoficiais não está circulando. Somente táxis, ônibus e veículosolímpicos estão de fora do esquema. O governo espera tirar 60 por cento dos 3,3 milhões decarros das ruas, segundo a Xinhua, além de reduzir as emissõesde gases em dois terços até o fim das Paraolimpíadas, no meiode setembro. A poluição é um dos maiores problemas da cidade e tem sidouma pedra no sapato dos organizadores das Olimpíadas, queconfiam no rodízio e no fechamento das fábricas para que sejapossível ver o céu azul e preservar a saúde dos atletas. Três novas linhas de metrô foram inauguradas no fim desemana, incluindo uma linha expressa que leva ao aeroporto, oque ajudará a controlar o tráfego. (Reportagem de Ben Blanchard e Jason Subler)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.