Thomas Coex/AFP
Thomas Coex/AFP

EUA, Rússia e Itália garantem vaga nas semifinais do vôlei masculino

Último semifinalista será decidido entre Brasil e Argentina

Antonio Pita e Ciro Campos, enviado especial ao Rio, Estadão Conteúdo

17 Agosto 2016 | 20h27

O caminho do ouro olímpico no vôlei masculino da Olimpíada do Rio de Janeiro já tem três fortes seleções, medalhistas em outras edições dos Jogos, garantidas nas semifinais. Nesta quarta-feira, Itália, Estados Unidos e Rússia ganharam suas partidas por 3 sets a 0 no ginásio do Maracanãzinho e confirmaram presença entre os quatro sobreviventes da competição. Na sexta-feira serão conhecidos os finalistas que no próximo domingo se enfrentarão para decidir o título.

A primeira partida da rodada de quartas de final teve a vitória da atual campeã olímpica, a Rússia, sobre o Canadá por 3 sets a 0 (25/15, 25/20 e 25/18) em apenas 1h09 de partida. Os russos ganharam a partida praticamente só com os erros dos adversários. As falhas renderam 27 pontos à equipe europeia, que com a vaga, chega pela sexta vez consecutiva a uma semifinal olímpica.

Na sequência, italianos a americanos ganharam suas partidas e vão se enfrentar por vaga na decisão. A Itália confirmou a classificação ao bater o Irã por 3 sets a 0 (31/29, 25/19 e 25/17), com outra atuação decisiva de Ivan Zaytsev, maior pontuar do jogo, com 18. O jogador sonha em repetir no Rio o feito do pai, Vyacheslav Zaytsev, campeão olímpico de vôlei pela União Soviética em 1980.

Já os Estados Unidos fizeram um jogo difícil com a Polônia para ganhar também por 3 sets a 0 (25/23, 25/22, 25/20). Os tricampeões olímpicos chegam entre os quatro depois de uma ótima recuperação. A equipe perdeu as duas primeiras partidas no Rio, para Canadá e França, até se recuperarem e atingirem agora a sequência de quatro vitórias.

 

PARTICIPE

Quer saber tudo dos Jogos Olímpicos do Rio? Mande um WhatsApp para o número (11) 99371-2832 e passe a receber as principais notícias e informações sobre o maior evento esportivo do mundo através do aplicativo. Faça parte do time "Estadão Rio 2016" e convide seus amigos para participar também!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.