Shinji Akagi / AFP
Shinji Akagi / AFP

EUA se classificam no futebol feminino com pior desempenho em fase de grupos em Olimpíadas

Donas de quatro medalhas de ouros olímpicas, americanas se garantiram nas quartas de final com apenas uma vitória

Redação, Estadão Conteúdo

27 de julho de 2021 | 12h22

Principal potência do futebol feminino no mundo, os Estados Unidos conseguiram nesta terça-feira se classificar às quartas de final na Olimpíada de Tóquio-2020, mas com um dado inédito: foi a pior fase de grupos da história da seleção, que detém o posto de maior campeã da categoria, com quatro medalhas de ouro (Atlanta-1996, Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012).

A seleção dos Estados Unidos apenas empatou com a Austrália por 0 a 0 e avançou para a fase eliminatória com quatro pontos, na segunda colocação do Grupo G. É a primeira vez que as jogadoras americanas venceram apenas um jogo na primeira fase em uma Olimpíada.

Em partida monótona, com poucas chances de gol e muitos passes de lado, Estados Unidos e Austrália pareciam partilhar um jogo-treino, sem muita vontade de ir ao gol. A estratégia deu certo em termos de classificação para ambas as equipes, mas traz preocupação para as quartas de final pelo futebol mecânico apresentado na fase de grupos.

Os Estados Unidos enfrentarão a Holanda, que se consolidou, no mesmo grupo do Brasil, como a primeira colocada após a goleada de 8 a 2 contra a China.

A Suécia, que venceu os três jogos da fase de grupos, com destaque para a vitória contra os Estados Unidos na estreia, se classificou não só em primeiro lugar, mas como a melhor seleção no futebol feminino até então. As suecas vão enfrentar o Japão, que venceu o Chile por 1 a 0, nesta terça-feira, e avançou em terceiro no Grupo E.

Fechando os confrontos para as quartas de final, Grã-Bretanha e Canadá empataram em 1 a 1 na última rodada e vão enfrentar, respectivamente, a Austrália e o Brasil. Todos os jogos das quartas de final do futebol feminino na Olimpíada de Tóquio serão disputados nesta sexta-feira.

Confira a tabela completa:

  • Canadá (2.ºE) x Brasil (2.ºF), às 5 horas (de Brasília), em Miyagi
  • Grã-Bretanha (1.ºE) x Austrália (3.ºG), às 6 horas, em Kashima
  • Suécia (1.ºG) x Japão (3.ºE), às 7 horas, em Saitama
  • Holanda (1.ºF) x Estados Unidos (2.ºG), às 8 horas, em Yokohama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.