Ex-ministro vira favorito para assumir lugar de Coe no Comitê Olímpico Britânico

O ex-ministro dos Esportes da Grã-Bretanha Hugh Robertson é o principal candidato a suceder Sebastian Coe na presidência do Comitê Olímpico Britânico (BOA, na sigla em inglês) a partir do ano que vem. Nesta terça-feira, Robertson foi eleito para assumir como vice-presidente do órgão, só abaixo do ex-campeão olímpico.

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2015 | 15h01

"Essa é uma fantástica oportunidade para mim para construir junto ao sucesso da Olimpíada de Londres e ajudar a BOA no futuro dos Jogos Olímpicos", disse Robertson, que era o ministro dos Esportes entre 2010 e 2013. Assim, ele ocupava o cargo antes e durante a realização dos Jogos em Londres.

Coe era, à época, o chefe do comitê organizar e homem forte da Olimpíada. Em 2012, após os Jogos, ele assumiu o Comitê Olímpico Britânico, para um mandato de quatro anos. O ex-corredor deve deixar o cargo após a Olimpíada do Rio e se dedicar à Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF), cuja presidência ele ocupa desde agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.