Ex-soviética será porta-bandeira dos EUA no encerramento

A atleta Khatuna Lorig, quinta na competição individual de tiro com arco, também já competiu pela Geórgia

EFE,

23 de agosto de 2008 | 01h39

A atleta Khatuna Lorig, quinta na competição individual de tiro com arco, foi escolhida como porta-bandeira dos Estados Unidos na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Pequim, que será realizada neste domingo no estádio Ninho do Pássaro.Lorig, escolhida em uma votação pelos capitães de cada esporte dos quais os Estados Unidos participaram nos Jogos, tem a peculiaridade de ter competido para três países em quatro Olimpíadas diferentes.Competiu com a Equipe Unificada da Comunidade de Estados Independentes após a extinção da União Soviética nos Jogos de Barcelona/1992, quando obteve o bronze por equipes. Em Atlanta/1996 e Sydney/2000 representou a Geórgia, seu país de origem.Depois, emigrou para os Estados Unidos e não participou de Atenas/2000 até que em 2005 recebeu a nacionalidade norte-americana, nação que representa agora em Pequim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.