Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

Fabiana Murer revela hérnia e luta para chegar 100% no Rio

Atleta diz que está evoluindo rapidamente e que irá disputar os Jogos

Victor Rezende, Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2016 | 22h15

A saltadora Fabiana Murer, principal esperança de medalha do atletismo brasileiro, publicou em seu perfil no Facebook nesta terça-feira, 2, que está com uma hérnia de disco cervical. Em 23 de julho, na etapa de Londres da Liga Diamante, a atleta desistiu de saltar e disse ter sentido um torcicolo antes da competição.

"Assim que cheguei ao Brasil, fiz uma ressonância magnética e levei um susto com o resultado", afirma Fabiana. No entanto, Fabiana alertou que continua escalada para defender o Brasil nos Jogos Olímpicos. "O meu médico me tranquilizou e disse que eu poderia me recuperar a tempo para competir nas Olimpíadas."

De acordo com a atleta, ela já realizou um treino de salto completo. "Estou evoluindo rapidamente e me dedicando ao máximo para chegar 100% na Olimpíada", disse. A atleta também postou um vídeo dela realizando um salto no centro de trainamento de seu clube, em São Caetano do Sul (SP).

Em edições anteriores dos Jogos Olímpicos, Fabiana, também favorita ao pódio no salto com vara, sofreu com o sumiço de uma de suas varas em Pequim-2008 e com os ventos durante um salto em Londres-2012. Atualmente, a brasileira é a detentora da segunda melhor marca mundial no ano, com 4,87m, ficando atrás somente da americana Sandi Morris, que tem 4,92m.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.