Marcello Zambrana / Lima 2019
Marcello Zambrana / Lima 2019

Federação Internacional de Levantamento de Pesos confirma Nathasha Rosa em Tóquio

Brasileira conquista a classificação para os Jogos Olímpicos entrando na vaga de melhor atleta das Américas.

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2021 | 14h27

O Brasil tem mais uma pesista classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Depois de Fernando Reis (masculino +109kg) e Jaqueline Ferreira (feminino 87kg), a Federação Internacional de Levantamento de Pesos (IWF, na sigla em inglês) confirmou nesta terça-feira a classificação de Nathasha Rosa (feminino 49kg).

Nathasha conquistou a classificação entrando na vaga de melhor atleta das Américas. Ela teve um teste positivo para substância proibida, em exame realizado no mês de março. Seu caso ainda não foi julgado e, segundo informação da Agência Internacional de Testagem (ITA, na sigla em inglês), sua suspensão provisória foi levantada, fazendo com que ela esteja novamente elegível.

Será a primeira Olimpíada de Nathasha, que conquistou recentemente a medalha de prata no arranco do Campeonato Pan-Americano, em Santo Domingo, na República Dominicana. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, ela ficou em quarto lugar.

DEMAIS FICAM FORA

 Serafim Veli (masculino 96kg), que tinha as maiores esperanças de fazer parte do seleto grupo de pesistas que estarão em Tóquio-2020, ficou fora da lista. A Colômbia foi punida por conta do alto número de testes positivos no ciclo olímpico. Jhonathan Rivas Mosquera, que estaria entre os oito melhores do mundo, não poderá participar e o cubano Olfides Vera entrou em seu lugar, mas a vaga foi realocada para outro continente, atrapalhando os planos do atleta do Brasil.

As outras duas atletas que ainda aguardavam classificação - Luana Madeira (49kg) e Rosane Santos (55kg) - também não foram confirmadas nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.