Feliciano López e Tomic anunciam que não jogarão a Olimpíada

Dois dos melhores tenistas da atualidade anunciaram nesta quinta-feira que não irão participar dos Jogos Olímpicos do Rio. Primeiro foi o espanhol Feliciano Lopez, 23.º do ranking, que revelou que irá privilegiar o giro norte-americano em piso rápido. Depois, o jovem australiano Bernard Tomic, 22.º, alegou que está com o calendário muito cheio para vir ao Rio.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 21h17

"É com tristeza que eu decidi não jogar pela Austrália em busca de uma medalha nos Jogos do Rio. Eu sempre tive orgulho de defender meu país na Copa Davis e dei o melhor de mim vestindo verde e dourado, mas por causa da programação extremamente ocupada e das minhas circunstâncias pessoais, eu não estarei disponível para esse torneio", informou.

Tido como "garoto-problema" do tênis, Tomic recentemente mostrou extrema falta de fair play ao jogar o último ponto de um jogo contra o italiano Fabio Fognini, em Madri, na Espanha, utilizando o cabo da raquete para rebater a bola.

Já López alegou especificamente que irá focar na preparação para os US Open. O espanhol já disputou duas Olimpíadas, em Atenas e Londres. Ele é o quarto melhor do seu país no ranking e teria direito de estar no Rio-2016. Sem ele, abriria-se uma vaga para Pablo Carreno Busta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.