Ferrari vai ajudar Itália nos Jogos Olímpicos de Inverno

Escuderia oferecerá ajuda técnica para os italianos que disputarão modalidades como bobsled e luge

REUTERS

25 de fevereiro de 2008 | 15h28

A Ferrari vai usar seus conhecimentos de aerodinâmica para ajudar a Itália a tentar conquistar medalhas em diversos esportes, após a assinatura de um acordo da escuderia com o comitê olímpico do país nesta segunda-feira. A equipe de Fórmula 1 e montadora de carros de passeio vai predominantemente oferecer ajuda técnica aos italianos que competirão nos Jogos de Inverno em modalidade como bobsled e luge. Conselhos sobre materiais utilizados para construir canoas e barcos a remo para as Olimpíadas também fazem parte do acordo, que ainda incluirá outros acordos no futuro. "Se nas vitórias de atletas, federações e do comitê olímpico houver um milímetro de ajuda da Ferrari, nós já estaremos orgulhosos", disse o presidente da Ferrari, Luca Di Montezemolo, em entrevista coletiva. Montezemolo acrescentou que estava satisfeito com o progresso do novo carro F2008 para a próxima temporada da F-1, mas disse que não deseja um excesso de confiança na equipe atual campeã do mundo. "Vejo um pouco de otimismo exagerado sobre a Ferrari, como se estivéssemos correndo sozinhos, mas também há adversários", disse ele.

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008Ferrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.