Fifa obriga Barcelona a liberar Messi para os Jogos

Comitê da entidade decidiu pela liberação dos jogadores com menos de 23 anos; clube deve recorrer

EFE

30 de julho de 2008 | 09h37

O Barcelona terá de liberar o atacante argentino Lionel Messi para disputar com sua seleção os Jogos de Pequim, decidiu nesta quarta-feira, o juiz da Comissão do Estatuto do Jogador da Fifa, o tunisiano Slim Aloulou. O Comitê de Urgência da Fifa decidiu que a liberação de jogadores com menos de 23 anos para o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos é obrigatória. Joan Laporta, presidente do Barcelona, já anunciou que se a decisão da Fifa não fosse favorável ao clube, recorreria ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.