Joey Shigeo/ Monster
Joey Shigeo/ Monster

Fora da seleção, Kelvin Hoefler chega como melhor brasileiro do ranking para Pré-Olímpico de Skate

Atleta medalhista em Tóquio 2020 chega ao Pro Tour Roma já na segunda fase e inicia busca por vaga em Paris 2024 junto de outros 16 skatistas brasileiros

Leonardo Catto, especial para o Estadão

24 de junho de 2022 | 17h39

A Olimpíada de Paris-2024 começa para os skatistas neste domingo com o Pro Tour de Street em Roma. Entre os 17 brasileiros na disputa, estão os medalhistas olímpicos Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, único brasileiro fora da seleção que já começa a competição a partir das quartas de final.

Em abril, o skatista não chegou a um acordo com a Confederação Brasileira de Skate (CBSk). Mesmo fora da equipe, ele é o brasileiro que vai a Roma mais bem ranqueado para o torneio. Os medalhistas em Tóquio-2020 e os cinco melhores atletas colocados no ranking olímpico até 24 de maio não competem na primeira fase. Ainda assim, Hoefler nega favoritismo ou peso por isso: “Procuro não pensar muito nisso porque no fim das contas isso não faz tanta diferença. Por um lado você anda menos que os outros, mas por outro está mais descansado”.

A preparação se manteve sem grandes mudanças, segundo Hoefler. “Como temos muito tempo de treinamento, é comum fazer de tudo um pouco. Aprimorar manobras que já domino, por exemplo. Mas é no treino que eu tento inovar e quem sabe conseguir colocar em prática nas competições”. Ele afirma ainda que a rotina já pré-estabelecida para treinamentos não mudou ao não integrar a seleção e garante a torcida aos compatriotas: “Desejo boa sorte aos integrantes da seleção porque quero o skate brasileiro cada vez mais forte”.

O apoio é forte entre ele e Pâmela Rosa, que também chega direto na segunda fase. Ela é líder do último ciclo do ranking mundial e chegou a fazer parte de sua preparação ao lado de Hoefler. “A Pâmela é uma irmã que o skate me deu. Um ajuda o outro nos treinos e competições o tempo todo e para mim é importante ter alguém de confiança ao meu lado”, comenta.

A busca pela vaga em Paris-2024 é para se manter no pódio olímpico da modalidade que estreou na última edição e virou xodó da torcida brasileira. No currículo, além da prata em Tóquio-2020, Hoefler tem como destaque o Mundial de 2015 e dois ouros em X-Games.

Pro Tour Roma

O torneio vai de 26 de junho a 3 de julho na capital italiana. Além do trio brasileiro que entra nas quartas, outros 14 atletas também representam o País. No feminino, estão Marina Gabriela, Kemily Suiara, Carla Karolina e Gabi Mazetto. Entre os homens, participarão Eduardo Neves, Felipe Gustavo, Filipe Mota, Giovanni Vianna, Gabryel Aguilar, Ivan Monteiro, Wacson Mass, João Lucas Alves e Carlos Ribeiro.

Depois de Roma, o Rio de Janeiro entra na rota do ranking mundial. O Rio World Skate Street World Championships 2022 vai ocorrer na Praça Duó, na capital fluminense, de 9 a 16 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.